• Rafael Terra

Gráficos de Dispersão

Atualizado: há 3 dias

Neste post, vamos nos focar em entender como funcionam os Gráficos de Dispersão. Por ter clicado neste post, imagino que é o que você procura saber, rs...


Se você ainda não tem familiaridade com gráficos, não se preocupe, dá uma olhada no post "Como fazer gráficos no Excel"! Lá explicamos como inserir um gráfico e suas informações.


Os gráficos de dispersão são bastante usados quando queremos analisar relações entre duas categorias de dados. Mas... como assim?


Vamos supôr que queremos entender qual a relação (ou se existe relação) entre o PIB per capita e a expectativa de vida em uma população humana.


1) Será que um país com maior PIB per capita tem maior expectativa de vida?

2) Essa relação tem bastante relevância?

3) Ou será que o PIB per capita até ajuda o país a ter uma expectativa de vida maior, mas não é um fator que deve ser levado com tanta importância?


Vão aparecer um monte de dúvidas e questionamentos sobre como essas variáveis interferem uma na outra, e o gráfico de dispersão nos ajuda a analisar e observar essas tendências.


Para responder as questões que ficaram na sua cabeça sobre o PIB per capita e expectativa de vida, você foi até o site do World Bank Group e pesquisou tabelas sobre esses valores em 191 países e montou uma base de dados.



Colocando esses valores em um gráfico de dispersão...



Muito bom!


Dá para perceber uma correlação, os países com menor expectativa de vida são os que possuem menor PIB per capita, e à medida que o PIB per capita aumenta, a expectativa de vida também aumenta (com limitações de expectativa da vida humana atualmente).



Dica 1: Para a tendência ficar mais visual, podemos adicionar uma linha de tendência, no menu de contexto "Design do Gráfico", selecione "Adicionar Elemento de Gráfico" ---> "Linha de Tendência".


Dica 2: Essa linha de tendência é resultado de uma regressão para aproximar os pontos reais de uma equação matemática (que pode servir como preditor da variável dependente em relação à variável independente). Essas equações podem ser de vários tipos, como retas, parábolas, equações logarítmicas, etc. No nosso caso, usamos uma equação logarítmica, resultando na expressão y = 4,5632*ln(x) + 32,392.



Melhorou... podemos, também, focar o nosso estudo entre os países com PIB per capita até US$60.000,00.



Excelente!


Ficou muito fácil de ver que, no nosso caso, a correlação é positiva (o aumento de um fator está correlacionado com o aumento do outro fator), podemos ter uma correlação negativa (como quando ocorre uma diminuição do desemprego e os índices de segurança aumentam em um país, por exemplo) e podemos não ter correlação (quando não conseguimos ver uma tendência, e concluímos que um fator provavelmente não está correlacionado com o outro).


Note: é importante entendermos que existem outros fatores ligados aos parâmetros analisados e tentar minimizá-los. Por exemplo, se eu fizer um gráfico de dispersão de PIB per capita por expectativa de vida no Brasil dos anos 2000 até 2015, poderemos ver a correlação, mas qual o impacto da evolução da medicina e aumento da expectativa de vida no mundo em geral? Será que o aumento da expectativa se dá por conta do aumento do PIB per capita ou por outros fatores? Além disso, toda regressão está sujeita a erros estatísticos, correlações que não implicam causalidade, parâmetros que não tem relevância estatística e/ou regressões não consistentes por outros fatores (um dia a gente escreve um post sobre essas questões todas =D).


A ideia de pegarmos países em um mesmo ano de análise foi, exatamente, pensando em minimizar o efeito do avanço da medicina ao longo do tempo e comparar esses fatores em um mesmo momento.


Legal... entendi tudo até aqui!

Mas quando abro o Excel, aparecem outros tipos de gráficos de dispersão, por quê?


Os gráficos de dispersão podem ter marcadores, linhas suaves e linhas retas entre os pontos do gráfico. O Excel separa como se fossem tipos diferentes de gráfico de dispersão, mas são somente outras formas para deixar o gráfico com o visual que deseja!


Espero ter ajudado nesse seu início de jornada com essa ferramenta incrível que é o Excel e que você tenha aprendido como usar os Gráficos de Dispersão!


Se você quiser aprender mais sobre o que o Excel é capaz de fazer, acesse nosso mini-curso gratuito "Aprenda 3 ferramentas essenciais do Excel", é só se inscrever e começar, sem burocracia.




Além disso fique de olho aqui no blog da BTM. E, se você gostou do conteúdo, compartilhe com seus amigos e amigas para que eles possam aprender também! ;)


Quer uma ajudinha para dar um up no seu currículo e impressionar seus recrutadores e colegas de trabalho? Conheça nossos cursos! A BTM está com as inscrições abertas! Confere lá e vem ser #TeamBTM!


Excel: Básico ao Avançado | 40h - Abrangente em conteúdo e condensado em carga horária. Com CASES REAIS de situações que serão enfrentadas no dia a dia de trabalho.



Um abraço!


#Excel #Gráficos #GráficosdeDispersão #BTMCo #BeatTheMarketCo



0 visualização
  • BTM Co. - Youtube
  • BTM Co - Linkedin
  • BTM Co - Facebook

Beat the Market Co.

CNPJ: 27.542.195/0001-58

WhatsApp: (11) 94376-6919

TEM DÚVIDAS?

A GENTE TIRA!