• Rafael Terra

Gráficos de Linha

Ao final deste post, esperamos que você tenha entendido como funcionam os gráficos de linha e consiga utilizá-los.


Se você ainda não tem familiaridade com gráficos, dá uma olhada no post "Como fazer gráficos no Excel"! Lá explicamos como inserir um gráfico e suas informações.


Existem 3 tipos de gráficos de linha no Excel: o gráfico de linha, gráfico de linha empilhada e gráfico de linha 100% empilhada.


Gráfico de Linha

Um dos principais usos dos gráficos de linhas é quando queremos entender/observar a variação temporal (ao longo do tempo) de determinadas informações. Eles são especialmente bons quando os intervalos de tempo são menores, como índices diários, semanais, etc... se você estivesse com intervalos trimestrais ou anuais, os gráficos de barras poderiam funcionar melhor.


Além do intervalo de tempo, os gráficos de linha são uma boa opção quando queremos comparar um número grande de categorias. Mas... como assim?


Vamos imaginar que você está fazendo um estudo para saber se está disposto a investir em tempo de propaganda em um horário nobre da TV aberta. Um bom ponto de partida seria comparar a audiência entre as emissoras, comparar os custos de tempo de cada emissora, entre outros aspectos.


Em um primeiro momento, você buscou dados de audiência das emissoras de canal aberto em horário nobre (como TV Band, Globo, RedeTv!, Record TV e SBT) e vai analisá-los para algumas semanas. Pensou como ficaria um gráfico de colunas agrupadas e...



É... não ficou legal. Você percebeu que 5 categorias (ou emissoras de TV) já deixa o gráfico muito poluído, quando usamos colunas agrupadas.


Buscando uma segunda opção, você pensou nos gráficos de linha e clicou neste post (rs...), e então...



Bem melhor!

Conseguimos observar que a audiência não varia muito de uma semana para a outra, mas sim de uma emissora para a outra (ainda que ocorra um pequeno aumento da audiência da Globo nesse período).


Esse gráfico nos dá uma ideia de audiência em cada uma das emissoras... mas como vai a audiência de televisão no geral? Está constante, em ascensão ou em retração? Essas perguntas são importantes, para decidir se realmente é esse o meio de comunicação ideal para o seu projeto.


Para responder essas perguntas, utilizamos o gráfico de linha empilhada!


Gráfico de Linha Empilhada

Os gráficos de linha empilhada servem para mostrar os valores totais dos períodos, ou seja, no nosso exemplo, o gráfico vai somando os valores de cada emissora naquela semana, a fim de mostrar o total de audiência em cada semana com as respectivas contribuições dos canais.



Muito bom!

Podemos ter uma melhor noção visual de que a audiência, no geral, aumentou um pouco no decorrer das semanas, mas vemos que o meio de comunicação se mostrou bastante constante, no horário nobre, durante o período.


Dica: Um gráfico de coluna empilhada funcionaria bem!


Agora, vendo que o meio de comunicação tem sido constante, você decide continuar o estudo e escolher em qual emissora você vai destinar a sua publicidade. É notável, que a Globo domina a audiência e que é seguida da Record TV e SBT, porém, qual a porcentagem de audiência de cada emissora em cada período?


Muitas vezes, apesar de uma categoria ter um número absoluto maior, quando olhamos a porcentagem de contribuição, podemos perceber o crescimento de uma categoria em relação à outra. Para isso, podemos utilizar o gráfico de linha 100% empilhada.


Gráfico de Linha 100% Empilhada

Os gráficos de linha 100% empilhada são utilizados para comparar as porcentagens das contribuições de cada categoria em cada período.


Como assim? Para o nosso caso, mostra a porcentagem de audiência acumulada até cada emissora em cada semana... sendo que a linha superior sempre será 100%



Rapidamente percebemos que a Globo tem cerca de metade da audiência, seguido pela Record TV e SBT... e, principalmente, que as porcentagens seguem uma tendência de se manter constantes, as emissoras tem seus papéis bem definidos no setor.


Dica: Um gráfico de coluna 100% empilhada funcionaria bem!


Depois desse estudo da audiência, você pode partir para outros estudos, como o valor por tempo de publicidade em cada emissora, entre outras coisas, para terminar o sua análise.


Legal... deu para entender a ideia dos gráficos, quando utilizá-los e com quais informações devo me preocupar. Só ficou uma dúvida... no início do post falamos que existem 3 tipos de gráficos de linha, e quando eu seleciono no Excel aparecem 6 tipos, por que?


Isso é por conta dos marcadores! Como o estilo do gráfico não muda, somente acrescentamos os marcadores, não encaramos como um outro tipo de gráfico.


Marcadores

Os marcadores são bolinhas, quadrados ou qualquer formato que determine e marque o ponto no gráfico que é definido pela tabela de dados do gráfico.


Quando montamos um gráfico de linha, selecionamos os pontos que são indicados na tabela, e, após isso, os pontos são ligados pelas linhas. Os marcadores deixam à mostra os pontos iniciais.



Muito bom!

Essa é a diferença entre um gráfico de linha e um gráfico de linha com marcadores.


Note: nos gráficos acima, consideramos somente os dias em que possuem valores, mas caso o nosso gráfico seja dia a dia, o gráfico preenche somente com os dados da tabela e ligam os pontos.


Ficou bem nítido que os marcadores são muito importantes, em alguns momentos!


Os dias 01, 02 e 03/04 não eram dias úteis, portanto não tem uma cotação de dólar. Olhando para o gráfico sem marcadores não conseguimos perceber essa falta de informação. Já no gráfico com marcador ficou escancarado que tem uma falta de informação nos dias citados, portanto o gráfico traçou uma linha reta mais longa entre os pontos.


Dica: em índices diários, se atente sempre se está considerando somente os dias úteis no seu eixo temporal ou se está considerando todos os dias. Não tem certo ou errado, desde que esteja claro (na sua cabeça e de quem está lendo o gráfico) o que foi considerado.


Dica: para selecionar qual tipo de eixo você quer usar, selecione o eixo da data, clique com o botão direito, selecione "Formatar Eixo" --> "Opções de Eixo" --> "Eixo de data" ou "Eixo de texto". No "Eixo de data" você considera todos os dias, enquanto no "Eixo de texto" você considera os valores indicados na tabela.


Espero ter ajudado nesse seu início de jornada com essa ferramenta incrível que é o Excel e que você tenha aprendido como usar os Gráficos de Linha!


Se você quiser aprender mais sobre o que o Excel é capaz de fazer, acesse nosso mini-curso gratuito "Aprenda 3 ferramentas essenciais do Excel", é só se inscrever e começar, sem burocracia.



Além disso fique de olho aqui no blog da BTM. E, se você gostou do conteúdo, compartilhe com seus amigos e amigas para que eles possam aprender também! ;)


Quer uma ajudinha para dar um up no seu currículo e impressionar seus recrutadores e colegas de trabalho? A BTM está com as inscrições abertas! Confere lá e vem ser #TeamBTM!

Processo Seletivo | 16h - Ao final desse módulo, você estará preparado e seguro para participar dos processos seletivos.

Excel: Básico ao Avançado | 40h - Abrangente em conteúdo e condensado em carga horária. Com CASES REAIS de situações que serão enfrentadas no dia a dia de trabalho.

Programação em VBA | 40h - Automatize e ganhe uma produtividade surpreendente! Estamos na era digital, não fique atrasado no tempo!


Mercado Financeiro - Fast Tracker | 64h - O curso que vai te levar para o Mercado Financeiro. Com exemplos reais do dia a dia, cases e aplicações!


Um abraço!


#Excel #Gráficos #GráficosdeLinha #BTMCo #BeatTheMarketCo



58 visualizações
  • BTM Co. - Youtube
  • BTM Co - Linkedin
  • BTM Co - Facebook

Beat the Market Co.

CNPJ: 27.542.195/0001-58

WhatsApp: (11) 97527-4754

TEM DÚVIDAS?

A GENTE TIRA!