• Rubens Terra

Soft Skills: os tipos de inteligência que não te contaram na faculdade.

Atualizado: 1 de Nov de 2019


Senhoras e senhores, bem-vindos à terceira e última parte da série de textos sobre o que recrutadores procuram depreender de um aplicante numa entrevista! Já falamos das hard skills e do fit cultural – se você não leu os textos anteriores, dê uma olhada no nosso blog! Hoje, mergulharemos no universo das soft skills, quesito que acreditamos ser o mais difícil de desenvolver! Mas sem desânimo: só de você saber que elas existem, saber que são incrivelmente importantes e querer se desenvolver, você já está na frente!

O que não te contaram na faculdade (a parte difícil) Você passou uma vida estudando para desenvolver habilidades que fossem úteis no mercado de trabalho. Se você estudou no Brasil, esse ensino foi quase que totalmente voltado para habilidades racionais – desde uma soma no ensino básico até uma derivada no ensino superior. Não há nada de errado nisso! São habilidades úteis e necessárias, porém as instituições de ensino acabam negligenciando habilidades muito importantes, menos técnicas e que muitas vezes tem mais valor no início da carreira. E adivinhe, essa é a parte difícil e demorada!

Beleza, mas que treco é esse!? São as habilidades interpessoais – comunicação, ética, empatia, motivação, pensamento criativo. Elas são demoradas e difíceis de desenvolver, porém, são também incrivelmente importantes! Muitas vezes aparecem sob os termos “people skills” (habilidades com pessoas) ou “interpersonal skills” (habilidades interpessoais). O universo de soft skills é incrivelmente grande, dentre eles temos:

  • Atitude Positiva

  • Comunicação

  • Resolução de conflitos

  • Pensamento criativo

  • Pensamento crítico

  • Tomada de decisão

  • Empatia

  • Ética

  • Flexibilidade

  • Liderança

  • Motivação

  • Rede de contatos ativos

  • Paciência

  • Persuasão

  • Positividade

  • Solução de problemas

  • Trabalho em equipe

  • Gestão do tempo

O que você precisa notar urgentemente: no início da sua carreira, as soft skills contam tanto ou mais que qualquer outro tipo de habilidade! As soft skills são características de personalidade, que afetam os relacionamentos no ambiente corporativo e por consequência a produtividade da equipe. Apesar de intrinsicamente ligadas à sua personalidade, elas podem (e devem) ser trabalhadas e desenvolvidas. Por quê? Vamos lá!

QI vs QE Você já deve ter se deparado com essas siglas! Em resumo: o QI (quoeficiente de inteligência) mede seu raciocínio lógico; o QE (quoeficiente emocional) mede sua inteligência emocional, ou seja, o quão capaz você é em quesito como liderança, empatia e pensamento criativo – deu pra perceber que o QE é extremamente ligado às suas soft skills? Pois é!

Conforme o mundo e os profissionais se desenvolvem, começou a ficar claro que o QE (e as soft skills) influenciam mais a carreira dos profissionais do que o QI. E veja, não embaso essa opinião com “achismos”! Vamos as evidências:

  1. A consultoria Egon Zehnder International, por exemplo, avaliou o desempenho de 515 executivos e descobriu que os mais bem-sucedidos exibiam maior inteligência emocional - independentemente de seu QI;

  2. O Center for Creative Leadership (CCL), mostra em um estudo que as principais causas de fracasso de um líder estão relacionadas à sua inaptidão emocional, que provoca dificuldades em adotar mudanças, inabilidade de trabalhar em equipe e relações interpessoais pobres;

  3. Por último, o Carnegie Institute of Technology, afirma em pesquisas que 85% de nosso sucesso financeiro se deve a talentos em engenharia humana, isto é, capacidade de relacionamento e liderança.

Convencido? =)

Nice! Então vou chegar dizendo que sou um líder! Errou, errou muito, errou rude! Os entrevistadores sabem que você sabe (que eles sabem que você sabe que eles sabem... deu pra entender, né?) o que eles querem ouvir! Se você deixar isso claro, sem embasamento, você acabou de demonstrar que suas soft skills são fracas! Então, como proceder nesse mundo duro?

Durante a entrevista, tente encontrar o contexto para contar uma experiência sua onde você demonstrou uma soft skill forte na sua personalidade! Vamos exemplificar: suponha que você se considera um bom líder. O discurso “sou um puta liderzão da p****” não cola! Ao invés desse discurso, conte uma situação da sua vida em que você foi líder e gerou valor – “Em uma determinada situação, liderei um grupo de estudos da faculdade. Depois de alguns meses, nosso grupo já tinha 100 pessoas! Hoje eles me tem como referencias naquele assunto e minha rede de contatos ficou incrivelmente melhor!”.

Seguindo essa lógica, você convence muito mais!

Mas como desenvolver esses skills? A verdade é que esse desenvolvimento passa por muito auto-conhecimento e experiência, mas existem livros e cursos que tentam te ajudar a ganhar velocidade nesse aprendizado!

Dentre as leituras que já fiz no assunto, sempre gosto de citar um clássico: How to Win Friends and Influence People, do Dale Carnegie. O livro é voltado a arte de se relacionar com as pessoas, foca em experiências do próprio autor e de diversas celebridades de sucesso que passaram pela vida dele. Considerado um dos melhores no assunto, o livro foi publicado pela primeira vez em 1936 e conta com mais de 50 milhões de cópias vendidas – além de ser o número 5 dentre os livros mais vendidos pela Amazon hoje!

Se você puder investir mais tempo e dinheiro, Dale Carnegie desenvolveu um curso sobre o assunto ao longo de sua vida – na verdade, o livro é baseado no curso. Hoje, o curso é ministrado pelo Dale Carnegie Institute em dezenas de países – incluindo o Brasil!

Espero que essa série de textos tenha te ajudado a pensar num processo seletivo de maneira mais completa e que as dicas que te passei aqui ajudem nos seus próximos processos! Sei que é muito para digerir e colocar em prática, mas lembre-se que estar consciente das dificuldades é o primeiro passo para superá-las! Um grande abraço!

Quer uma ajudinha para dar um up no seu currículo e impressionar seus recrutadores e colegas de trabalho? A BTM está com as inscrições abertas para as turmas intensivas de férias! Confere lá e vem ser #TeamBTM!

Excel: Básico ao Avançado | 40h - Abrangente em conteúdo e condensado em carga horária. Com CASES REAIS de situações que serão enfrentadas no dia a dia de trabalho.

Programação em VBA | 40h - Automatize e ganhe uma produtividade surpreendente! Estamos na era digital, não fique atrasado no tempo!

Mercado Financeiro - Fast Tracker | 64h - O curso que vai te levar para o Mercado Financeiro. Com exemplos reais do dia a dia, cases e aplicações! INSCREVA-SE PARA A PROVA DE BOLSAS E CONCORRA A DESCONTOS DE ATÉ R$2.392,00!


423 visualizações
  • BTM Co. - Youtube
  • BTM Co - Linkedin
  • BTM Co - Facebook

Beat the Market Co.

CNPJ: 27.542.195/0001-58

WhatsApp: (11) 97527-4754

TEM DÚVIDAS?

A GENTE TIRA!